3 DICAS DE COMO AUMENTAR O TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO PARA UMA APOSENTARIA MAIS RÁPIDA.

Atualizado: 18 de jun. de 2020


Tempo é tudo!

Muitas vezes, o trabalhador ou a trabalhadora, tem condições de aumentar seu tempo de contribuição para se aposentar mais rápido e não sabe.


TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO


Hoje a lei diz que o tempo de contribuição para homem é 35 anos e mulher 30 anos.

Para se aposentar por idade 65 anos para homem e 60 anos para mulher, com mínimo de 180 contribuições ou 15 anos.


DICA Nº 1 - CONFERIR O TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO


Então, o primeiro passo, para saber corretamente o seu tempo de contribuição é conferir o CNIS (extrato previdenciário).

É fornecido pelo INSS, nas agências da Previdência Social ou no site (meu.inss.gov.br ou www.inss.gov.br).

No CNIS constam todas as contribuições pagas ao INSS.

Confira se todos os registros da carteira de trabalho e se todas as contribuições feitas com o carnê do INSS (Guia da Previdência Social-GPS) constam no CNIS e veja se há algum tempo para contribuir.


DICA Nº 2 - PAGAMENTO DO PERÍODO QUE NÃO HOUVE CONTRIBUIÇÃO


Para contribuições feitas com o carnê do INSS (Guia da Previdência Social-GPS), autônomo (contribuinte individual) é possível pagar o período retroativo que não houve pagamento.

Tempo inferior a cinco anos:

Gerar a guia de pagamento através do site do INSS, que já emite com os juros e correções.

Para período mais antigo:

Fazer o requerimento nas agências da Previdência Social, comprovando através de documentação específica o exercício em atividade remunerada. O INSS analisa o requerimento, se autorizar o pagamento calculará o valor a ser pago pelo segurado.


DICA Nº 3 - COMPUTAR O TEMPO TRABALHADO EM ATIVIDADE PREJUDICIAL À SAÚDE



Uma alternativa também para aumentar o tempo de contribuição é computar o período exercido em atividade especial.

Se a pessoa trabalhou exposta a algum agente nocivo, exemplo: ruído, poeira tóxica, bactérias, produtos químicos, dentre outros.

Se comprovar, através do documento (PPP- Perfil Profissiográfico Previdenciário), fornecido pela empresa, o tempo trabalhado exposto aos agentes prejudiciais à saúde, o período será computado para aumentar o tempo de contribuição.

Se trabalhou em condições especiais solicite seu PPP para a empresa.

O decreto 3.048/99 discrimina os agentes nocivos.

É importante que o segurado tenha controle de suas contribuições para a Previdência Social, para que possa desfrutar de uma aposentadoria bem planejada.



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
580b57fcd9996e24bc43c543.png